Sorriso Amarelo – Origem e Significado

A origem da expressão popular “sorriso amarelo” deu-se por uma das mais naturais – e antigas – ações chinesas: O sorriso. Chineses sorriem muito. Sorriem por qualquer ação ou motivo. Sorriem até por brincadeiras que não entendem, não gostam ou não acham graça alguma. Por educação. É simplesmente a cultura chinesa. Etnicamente, os chineses são conhecidos por amarelos – assim como todo os outros asiáticos. Daí a expressão: “Sorriso amarelo”, ou seja, sorriso tímido, falso, sem naturalidade.

Sorriso Amarelo
Sorriso Amarelo
Anúncios

Afogar o Ganso – Origem e Significado

A origem da expressão popular “afogar o ganso” deu-se por atos – repuganantes, diga-se de passagem – praticados por chineses, há um longo tempo. Os chineses satisfaziam suas necessidades sexuais com gansos. Pouco antes da ejaculação, afundavam a cabeça da ave em lagos, para sentirem os espasmos – contrações musculares involuntárias – anais da vítima. Daí a expressão: “Afogar o ganso”, ou seja, relacionar-se sexualmente.

Afogar o Ganso
Afogar o Ganso

Comer com os Olhos – Origem e Significado

A origem da expressão popular “comer com os olhos” deu-se por cerimônias religiosas fúnebres, realizadas por romanos, durante o século VIII a.C. – Roma Antiga. Nestas cerimônias, haviam banquetes oferecidos aos deuses, cujo os alimentos não podiam ser consumidos ou tocados. Apenas observados. Daí a expressão: “Comer com os olhos”, ou seja, apreciar, observar ou desejar um objeto/indivíduo – sem o contato físico.

Comer com os Olhos
Comer com os Olhos

Dar a Mão à Palmatória – Origem e Significado

A origem da expressão popular “dar a mão à palmatória” deu-se por punições de professores aos alunos que cometiam erros, há séculos atrás. Durante a época, era extremamente natural que alunos, após erros, estendessem as mãos para serem atingidas por palmatórias, o temido instrumento de punição utilizado por professores – a palavra palmatória, ao contrário do que muitos pensam, não é derivação de palma (da mão), mas sim, artefato resultante da madeira da árvore palmeira. Daí a expressão: “Dar a mão à palmatória”, ou seja, reconhecer os próprios erros.

Dar a Mão à Palmatória
Dar a Mão à Palmatória

Falar pelos Cotovelos – Origem e Significado

A origem da expressão popular “falar pelos cotovelos” deu-se pela analogia de atos realizados por indivíduos que falam muito, durante uma conversa. Segundo o escritor Quinto Horácio Flaco – numa de suas sátiras -, estes indivíduos tocam o cotovelo das pessoas que os ouvem, chamando-as a atenção para o diálogo. Daí a expressão: “Falar pelos cotovelos”, ou seja, falar excessivamente.

Falar pelos Cotovelos
Falar pelos Cotovelos

Andar na Linha – Origem e Significado

Uma das origens da expressão popular “andar na linha” deu-se pela analogia de linhas ferroviárias, no qual os vagões se movimentam apenas se estiverem corretamente sobre trilhos ferroviários. Outra origem da expressão deu-se pela analogia de pelotões em quartéis de exércitos. Durante marchas, os integrantes devem andar – rigorosamente – na linha de marcha, caso contrário, passam por punições. Daí a expressão: “Andar na linha”, ou seja, agir corretamente.

Andar na Linha
Andar na Linha

Engolir Sapos – Origem e Significado

A origem da expressão popular “engolir sapos” deu-se por uma das histórias escritas na Bíblia: As pragas do Egito. Uma das pragas constituía da invasão de milhares de rãs, por todo o território egípcio. Durante a preparação e ingestão de alimentos, lá estavam os anfíbios. Os animais não apenas invadiam os ambientes – cozinhas, quartos, banheiros -, como também os pratos dos habitantes do reino. Daí a expressão: “Engolir sapos”, ou seja, suportar situações desagradáveis sem qualquer manifestação.

Engolir Sapos
Engolir Sapos